segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Dias inusitados

Adoro dias inusitados. Aqueles em que acontece tudo - menos o que eu esperava. Na verdade aprendi a gostar deles com o tempo. Juro que antes me irritava profundamente quando as coisas não saíam da forma que eu queria, mas sabe, depois percebi que os acontecimentos inusitados foram bem melhores e mais interessantes do que os que eram esperados. Já aconteceu de eu errar o caminho de uma rua e acabar encontrando uma pessoa que não via há anos e morria de saudades! Também já me ocorreu de topar convites de última hora para lugares onde conheci pessoas que marcaram minha vida.

Esse mês de agosto foi bem assim, inusitado. Duas semanas atrás saí de casa incrivelmente atrasada (como sempre) e encontrei duas amigas da faculdade no metrô, também atrasadas. Depois, uma chuva ao estilo dilúvio fez com que tivéssemos de esperar dentro da estação. Lá, estava lotado de gente e, conversa vai, conversa vem, acabei conhecendo umas pessoas muito legais que estudavam na minha faculdade e eu nem sabia. Perdi a primeira aula, mas conheci gente nova e tive conversas interessantes. Mais tarde, eu planejava (bem sem vontade, digamos) assistir à segunda aula, quando a Grazi apareceu e me chamou pra comemorar o niver dela num barzinho. E a noite terminou com muitas risadas e tequila. MUITO mais divertido do que se eu houvesse tido a habitual rotina de sempre.

No dia seguinte um amigo mandou mensagem no meu celular chamando pruma palestra que eu nem pensava ir. Fui e achei muito legal. Na mesma semana, achei 20 reais esquecidos numa bolsa que eu não usava faz tempo e por conta disso pude ir ao cinema no sábado que eu esperava ficar em casa. Ou seja, naqueles dias NADA aconteceu como eu esperava e exatamente por isso tive uma das melhores semanas do ano.

Depois de tudo isso, fico pensando: será que essas coisas eram pra acontecer mesmo? Ou na verdade cada ato nosso determina o resto do dia (e até da vida)? Quem assistiu ao filme "Corra Lola, corra" sabe do que eu estou falando. Muita gente achou esse filme besta, mas eu adorei! Curto filmes assim, com várias possibilidades pruma mesma história. Porque às vezes por questão de segundos e escolhas repentinas tudo pode mudar.

Por mais que a rotina dite como será a semana, um dia nunca será igual ao outro e esse é o barato da vida. Acordar e não fazer idéia de como será o dia. E se surpreender ao final dele. Faz tempo que parei de planejar as coisas e desde então tenho aproveitado melhor a vida. Dias inusitados me mostraram que por trás do planejamento diário há amigos esquecidos, lugares legais pra ir e coisas interessantes pra fazer. É como se você andasse por um corredor com uma venda nos olhos, de repente tropeçasse, a venda caísse e você percebesse que há várias portas laterais que levam a caminhos mais interessantes. Com isso não digo que se desvie dos objetivos iniciais, mas de vez em quando é bom aproveitar oportunidades bizarras que surgem do nada e quando você menos espera. Tudo o que eu deixei de cumprir rigorosamente, ganhei em momentos emocionantes. E ainda me rendeu um post.

4 perdidos por aqui:

angela disse...

Karina
Eu levei muito mais tempo que vc para descobrir isso, que a gente não tem controle sobre a vida. Vale planejar e tentar cumprir as metas, mas aproveitar os desvios sem mal humor.
Obrigada pela visita e pelos comentários.
beijos

Na. disse...

Ah, é importante se permitir viver essas oportunidades que surgem em nossas vidas... Não que isso necessáriamente implique em uma total falta de planejamento do futuro ou de uma despreocupação para consigo.

Xerus
=***

*Ai, achar dinheiro esquecido é tããão bom! rs

Rodrigo Cavaleiro disse...

Gostei do post, até tenho algo parecido... mas prefiro o seu...

“Questão matemática,
Rodrigo tem 7 chocolates.
Rodrigo está interessado em “Joanecléia” [Nome fictício para Carla]
Rodrigo chega então, carinhosamente e oferece a Joanecléia: “QUER ?”
# Possibilidades de resposta:
Não ! [E suas variações, educadas ou não...]
Sim, quero um !
Sim, quero dois !
Sim, quero três !
Sim, quero quatro !
Sim, quero cinco !
Sim, quero seis !
Sim, quero todos ! [Neste momento repense se ela não vai engordar no futuro ou se é um pouco egoista]

Abra a sua mente, existem mais em suas ações do que você poderia ver...”
[Contos de Sala de Aula - L.M]

Su disse...

eu adoro dias inusitados... é o mundo, o universo inteiro gritando em plenos pulmões 'EEI VOCÊ ESTÁ VIVOOO"

 
Header Image by Colorpiano Illustration